Coaching Vocacional

Hoje 85% dos jovens saem do ensino médio sem ter uma escolha profissional definida.
Aproximadamente R$20 mil reais desperdiçados em 8 meses que, de acordo com pesquisas é o tempo médio que o jovem leva para desistir do curso e recomeçar o processo novamente.
Além disso, 80% das pessoas na vida adulta relatam insatisfação no trabalho.
Isso acontece principalmente porque menos de 10% dos jovens tem acesso ao processo de Coaching, e acabam escolhendo sem muito critério.
A metodologia de Coaching tem como objetivo auxiliar no alcance de metas e objetivos.
A partir do alinhamento de propósito, missão, valores e estilo de vida, ajuda as pessoas a desenvolverem suas habilidades e competências para definir a profissão de forma mais assertiva, buscando ter a realização pessoal e profissional no futuro.
Por meio de técnicas e ferramentas poderosas, o coaching alia disciplina constante, autoconhecimento e foco, sendo possível obter resultados a curto prazo.
Muitos pais acham que não devem interferir nas escolhas profissionais dos filhos, mas acredito que seguindo as dicas abaixo e levando seu filho para um processo de coaching você estará se aproximando de uma maneira cuidadosa e atuando de forma responsável nessa decisão.
Com certeza vocês dois colherão frutos no futuro e seu filho será muito grato a você, pode ter certeza.

Seguem 5 dicas importantes para a escolha da profissão:

1. Comece a falar por pelo menos 15 minutos durante a semana com seu filho sobre a futura vida profissional dele, escolha um lugar descontraído e inicie o assunto. Atenção, escuta atenta é fundamental, dessa forma você estará ajudando no autoconhecimento.

2. Dependendo das profissões que o jovem tiver interesse, um exercício muito bacana é pedir para seu filho se imaginar na profissão e descrever como seria o dia a dia dele. Assim fica mais fácil identificar o Bônus e o Ônus das carreiras escolhidas.

3. Definida uma profissão, estimule seu filho a conversar com pelo menos 3 profissionais da área, para que expliquem um pouquinho da real rotina e verifiquem se está congruente ao que ele imaginou ser o dia a dia daquela profissão.

4. Para os pais que desejam que os filhos sigam suas carreiras fica a dica: Falem bem da sua profissão. Tenho observado muitos pais que falam somente da parte chata, e reclamam quando chegam em casa, mas mesmo assim querem que o filho siga sua carreira ou assuma seus negócios. Mostre o lado bom da sua profissão, mas cuidado para não ser tendencioso.

5. Estimule o jovem a tirar suas próprias conclusões, e escute com muita atenção.

Quer saber mais sobre como o coaching vocacional pode te ajudar?