Como Anda seu tom de Voz?

Fernanda Dall'AneseREFLEXÃO VIDALeave a Comment

Relacionamento

“Não é o que fala e sim como fala”

Você já deve ter ouvido essa frase não é mesmo? Em pesquisas recentes a frase acima só vem se confirmando.

No livro ” The Relationship Cure”, Dr. Gottman revela que quando você avalia o que seu parceiro está falando, apenas 7% vem das palavras e assustadores 38% vem do tom de voz.

E o que isso quer dizer?

Isso significa que as palavras por si só são neutras e é o tom de voz que as tornam incendiárias. Um bom exemplo é quando falamos com um certo tom de sarcasmo e ironia, quem está ouvindo se sente machucado e desrespeitado.

O tom de voz é uma parte importante quando você busca ter uma comunicação clara com seu parceiro, e para que isso ocorra de forma natural você pode observar e fazer uma análise do volume e do tom da sua voz. O objetivo com isso é que você perceba se os mesmos estão contribuindo ou não para o sucesso do seu relacionamento.

De acordo com estudos* recentes, onde foram acompanhados centenas de casais durante suas sessões de terapia para casal , foi detectado que o tom de voz pode ser a chave para o sucesso do casamento.

E você, o que o seu tom de voz anda transmitindo?

Gravarmos nossas conversas e discussões para depois analisarmos tornaria tudo mais complicado, então segue abaixo uma sugestão para que você fique atenta e conciente com a forma com que você tem falado ou discutido com seu parceiro.

Considere os 4 itens que juntos formam nosso tom de voz

1) O TOM
Quando você fala, seu tom é alto ou baixo? Um tom de voz extremamente alto pode dar a impressão de imaturidade ou de que é apenas uma defesa.

2) O RITMO
Quão rápido ou devagar você fala com seu parceiro durante uma discussão?Fique bem atenta pois em um ritmo mais tranquilo você pode ajuda-lo a entender melhor o que você está dizendo. Porém devagar demais pode parecer ofensivo. Para realmente conseguir transmitir o que pensa mantenha seu ritmo estável, constante e firme.

3) VOLUME
Gritos somente trarão desarmonia. Porém se você quer aumentar o volume para enfatizar algo tente manter o ritmo mais controlado. Outra dica é parar de falar depois do Ápice da discussão e dar a chance do parceiro falar seu ponto de vista.

4) TIMBRE
O timbre é a qualidade emocional da sua voz. É através do timbre que você demonstra se está feliz, chateada, com raiva, desanimada ou triste. Fique atenta e pratique controlar sua voz para que você saiba qual dos timbres acima você quer que seja transmitido. Sabe aquela história de voz de choro?

Agora vamos praticar, harmonizar e conquistar cada vez mais clareza na comunicação com nossos parceiros.

Com Amor,

Fernanda Dall’Anese

Life Coach

Ability Coaching / projeto Mulher Essencial

*https://pressroom.usc.edu/words-can-deceive-but-tone-of-voice-cannot/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *